Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10405/2057
Author(s): Bertinot, Gustave, 1822-1888, sculp.
Lehmann, Henri, 1814-1882, pinxt.
Title: Mgr. Darboy
Publisher: Paris: imp. ch. Chardonaine
Issue Date: 1873
Description: Propriedade de Societé Française de Gravure.
Desenho realizado no ano 1866 e gravura executada no ano 1873.
Gazette des Beaux-Arts, 3éme série, planche 3.
Gustave Nicolas Bertinot foi um gravador que nasceu em Louviers em 1822 e morre em Paris no ano de 1888 (escola Francesa). Na sua infância, uma grave enfermidade afectou a sua mobilidade e desde tenra idade (a partir dos 8 anos) demonstrou grande habilidade para o desenho, pelo que os seus pais sempre o motivaram a seguir uma carreira artística. Em 1837, Gustave Bertinot ingressa na oficina de Pauquet e, após 18 mêses de estudos vai para a oficina de Girard, gravador de mezzotint, onde durante 4 anos copia gravuras de grandes mestres antigos. O jovem artista sentindo necessidade de evoluir e tendo consciência que não estava a seguir o caminho certo, procurou os conselhos de Michel Martin Drolling (1789-1851), pintor neoclássico francês, pintor de história e retratista, que o contratou para o trabalho de desenho e indica Achille Martinet (1806-1877) para seu novo mestre da gravura, o qual gravou muitas obras de Rembrandt, Murillo, Scheffer, Fleury, Ingres, etc. O empenho e o trabalho obstinado de Bertinot, permitiu-lhe vencer em 1850 o Prémio Roma e ir para Itália na companhia de outros laureados como os pintores Paul-Jacques-Aimé Baudry (1828-1886), William-Adolphe Bourguereau (1825-1905), o escultor Charles Gumery (1827-1871), Victor Louvet (1822-1898)e o músico J.-A. Charlot.Enviou para Roma a gravura do Retrato de Clemente IX (pintura de Velasquez) e da Virgem do Rosário (pintura de Sassoferrato). Após o seu regresso de Itália, foram atribuídos importantes trabalhos a Bertinot solicitados por editores e pelo Estado bem como a realização de gravuras de uma parte da decoração da Ópera a pedido do seu amigo Paul Baudry. Em 1867, torna-se cavaleiro da Legião de Honra. Em 1878, Gustave Bertinot substitui o seu mestre Achille Martinet no Instituto, secção de Belas-Artes. A sua participação em exposições francesas e estrangeiras propocionou-lhe ainda um maior prestígio.
Henri Lehmann destacou-se na pintura de género - história - e no retrato (Escola Francesa). Nasceu em Kiel (Alemanha) em 1814 e morreu em Paris em 1822. Henri Lehmann era filho do retratista Leo Lehmann (1872-1859) e irmão do pintor de género Rodolphe Lehmann (1819-1892). Inicialmente recebeu lições do seu pai e em Paris de Ingres (1780-1867). Em 1864 e 1875 foi membro do Instituto, secção de Belas-Artes e nomeado professor na Escola de Belas-Artes de Paris, onde tinha, entre outros, como sendo seus alunos Pissaro e Seurat. Recebeu a 2ª medalha em 1835 e a 1ª medalha em 1840, 1848, 1855. Henri Lehmann foi responsável de uma considerável parte da decoração do antigo Hotel de Ville de Paris. Lehmann era um artista marcadamente clássico e estabeleceu um prémio destinado a promover a tradição no academismo.
Provenance: Georges Darboy (1813-1871), teólogo francês, arcebispo de Paris desde 1963; fuzilado pela Comuna de Paris (luta da classe operária francesa e internacional contra a dominação política da burguesia) como refém em Maio de 1871
Subject: Pintura--Retrato--França
Retrato--Paris, França--Séc. 19
Darboys, Georges--1813-1871--Arcebispo--Paris, França--Séc. 19
Call Number: O-15
Document Type: Gravura
Rights: Contém marca de água
Appears in Collections:BDAmus - Gravuras e Estampas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
M.gr Darboy.JPG605.75 kBJPEGThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.